Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Ministro Pansera aponta internacionalização como uma prioridade do MCTI
Início do conteúdo da página

Ministro Pansera aponta internacionalização como uma prioridade do MCTI

Publicado: Segunda, 26 de Outubro de 2015, 14h07 | Última atualização em Sexta, 06 de Novembro de 2015, 16h59

O Ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) reforçou que o País acertou convênios com a Finlândia e a Suécia, na recente viagem oficial da presidente Dilma Rousseff às nações europeias

Na última semana, a presidente Dilma Rousseff liderou uma comitiva brasileira em viagem oficial à Suécia e à Finlândia. Entre os acompanhantes estava o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera. A passagem pelos países escandinavos serviu, entre outros assuntos, para ampliar parcerias entre as nações e o Brasil na área de ciência, tecnologia e inovação (CT&I). Lá, foram firmados acordos de cooperação entre as partes.

"Nós vamos apostar muito nos convênios internacionais. Vai ser uma das marcas da gestão", afirmou Celso Pansera, em visita à Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT 2015), em Brasília (DF).

Foram priorizados setores considerados de ponta das nações. Os europeus vão contribuir com a expertise no fomento a empresas de base tecnológica e o desenvolvimento de novas tecnologias. "Tanto a Finlândia quanto a Suécia são países de ponta em aposta em startups, em novas tecnologias, e que precisam do apoio de um país como o nosso, que tem uma vasta disponibilidade de recursos minerais, recursos humanos, para potencializar as pesquisas deles", disse.

O Brasil vai poder contribuir com recursos e pessoal para auxiliar nas pesquisas, além de exportar o conhecimento adquirido em polímeros orgânicos. Entre as pesquisas brasileiras elencadas pelos europeus está o etanol, materiais biodegradáveis e embalagens.

"Eles fizeram muita referência ao conhecimento que o Brasil tem na área dos polímeros orgânicos, no sentido não só da produção do etanol, como de um conjunto de matérias que são biodegradáveis. Na área de embalagens, por exemplo, eles querem apostar. São tecnologias que o Brasil tem. Tem estudo, tem matéria-prima, tem potencial para avançar, e que nós, com certeza, saberemos organizar a ciência e pesquisa nessa área e apostar para transformar o Brasil em um grande player mundial na área de pesquisa e produção de novas tecnologias", apontou o titular do MCTI.

Para saber mais sobre os acordos firmados com a Suécia, acesse este link.

Viagem marcada

Os primeiros passos rumo a uma maior integração de CT&I entre as nações será dado já a partir de novembro, quando uma delegação do MCTI voltará à Finlândia. "Retornaremos com a equipe, agora em novembro, para a Finlândia, para avançar na relação do ponto de vista das startups e da área de design, na qual eles são muito avançados. E acho que nós vamos dar um avanço muito grande do ministério nessa questão", completou o titular do MCTI

Fonte: MCTI

Veja a notícia na íntegra: http://www.mcti.gov.br/noticia/-/asset_publisher/epbV0pr6eIS0/content/snct-2015-ministro-pansera-aponta-internacionalizacao-como-uma-prioridade-do-mcti

registrado em:
Fim do conteúdo da página