Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Brasil precisa definir estratégias para aumentar a competitividade das empresas
Início do conteúdo da página

Brasil precisa definir estratégias para aumentar a competitividade das empresas

Publicado: Segunda, 24 de Outubro de 2016, 16h09 | Última atualização em Sexta, 25 de Novembro de 2016, 16h29

Segundo Jorge Mario Campagnolo, país deve aproveitar as novas tecnologias para ingressar na chamada 4ª Revolução Industrial. Em palestra na 13a SNCT, o coordenador da Setec/MCTIC ressaltou a importância da indústria para a inovação

"Precisamos instituir uma política e traçar estratégias para aproveitar todas as oportunidades que as novas tecnologias proporcionam, buscando aumentar a competitividade das empresas brasileiras", alertou o coordenador-geral de Serviços Tecnológicos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Jorge Mario Campagnolo, durante palestra nesta sexta-feira (21) no ciclo de seminários da 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Segundo o pesquisador, as mudanças em curso têm sido comparadas a 4ª Revolução Industrial e, na Alemanha, o processo é conhecido como "indústria 4.0". Uma das principais novidades é o uso de sensores, que permite ao fabricante acompanhar todo o ciclo de vida de seus produtos, com informações sobre o funcionamento e possíveis problemas, que podem ser resolvidos em tempo real de qualquer lugar.

Para Campagnolo, a manufatura estimula a inovação e é um importante fator de desenvolvimento. "Se um país quer avançar, ele tem que incentivar a produção", afirmou, ressaltando que o Brasil caiu de 5º para 29º lugar no ranking mundial de competitividade da manufatura em cinco anos.

Ele destacou ainda que a mão-de-obra barata tem deixado de ser um atrativo para as empresas, que apostam, cada vez mais, em tecnologias inovadoras, eficientes e flexíveis. "Atualmente, não é mais necessário produzir em escala para ser competitivo."

Como estratégias para que o Brasil possa acompanhar este processo de evolução tecnológica, o coordenador de Serviços Tecnológicos do MCTIC aponta os seguintes caminhos: alteração do formato e método de ensino para a indústria avançada, formação de professores, requalificação de profissionais, criação de parcerias multisetoriais e um programa que estimule o aproveitamento de pesquisadores com qualificação nas empresas.

Fonte: MCTIC

Veja a notícia na íntegra: http://www.mcti.gov.br/noticia/-/asset_publisher/epbV0pr6eIS0/content/brasil-precisa-definir-estrategias-para-aumentar-a-competitividade-das-empresas;jsessionid=62E6546E36C9EFA5088151AA06314371

 

Fim do conteúdo da página