Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Nova portaria do MCTIC reestabelece instituições associadas aos Arranjos de NITs da pasta
Início do conteúdo da página

Nova portaria do MCTIC reestabelece instituições associadas aos Arranjos de NITs da pasta

Publicado: Segunda, 05 de Junho de 2017, 16h03 | Última atualização em Quinta, 06 de Julho de 2017, 12h09

A portaria publicada pelo Ministro Gilberto Kassab no Diário Oficial da União do dia 05 de junho de 2017 vincula os arranjos a Diretoria de Gestão das Unidades de Pesquisa e Organizações Sociais (DPO/MCTIC)

Em nova portaria, o Ministro de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Gilberto Kassab, vinculou os quatro Arranjos de Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT) da pasta a Diretoria de Gestão das Unidades de Pesquisa e Organizações Sociais (DPO/MCTIC), passando a essa diretoria a responsabilidade de coordenar e supervisionar os arranjos de NITs.

A Portaria Nº 3.008, de 01 de junho de 2017, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) do dia 05 de junho. Além de estabelecer o vínculo à diretoria do ministério, ela também estabelece as instituições associadas aos quatro Arranjos de NITs do MCTIC: NIT Mantiqueira (São Paulo e sul de Minas Gerais), NIT Rio (Rio de Janeiro), AMOCI (Amazônia Ocidental) e a REDE NAMOR (Amazônia Oriental).

A portaria estabelece a seguinte estrutura para cada arranjo:

  • Arranjo NIT Mantiqueira: Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM), Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA). Também estabelece que a sede seja no CTI, em Campinas.
  • Arranjo NIT Rio: Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), que sediará o Arranjo de NIT; Centro de Tecnologia Mineral (CETEM); Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA); Instituto Nacional de Tecnologia (INT); Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC); Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST); Observatório Nacional (ON); e o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT).
  • Arranjo NIT Amazônia Oriental: Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), que sediará o Arranjo de NIT.
  • Arranjo NIT Amazônia Ocidental: Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), que sediará o Arranjo de NIT; e Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM).

Além desses quatro, está sendo estruturado mais um Arranjo de NITs do MCTIC que atuará na região Nordeste.

Essa portaria, além de revogar a Portaria nº22 publicada no dia 30 de janeiro de 2015, também remete a outra publicada em março de 2014 (Portaria MCTI nº 251, de 12 de março de 2014), que trata das Diretrizes para a Gestão da Política de Inovação das Unidades de Pesquisa do Ministério.

Confira a Portaria Nº 3.008, de 01 de junho de 2017.

NIT Mantiqueira

Além das ICTs citadas na publicação, também fazem parte do Arranjo NIT Mantiqueira a Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP) e o Centro de Pesquisas Avançadas Wernher von Braun.

registrado em:
Fim do conteúdo da página